Nossos Espressos
Clique nas cores e conheça os outros sabores

Espresso Decaf

0,1% de cafeína sem perder a força do sabor.

Intensidade 1

Origem Sul de Minas Gerais

Variedade Arábica

Notas Amaro e Tostado

Descubra a ficha técnica completa Ir para a loja

Sobre o Espresso Decaf

Você adora café, mas dispensa a cafeína. Não é por esse motivo que você precisa tomar uma bebida sem sabor.

 

Para um café suave e gostoso a qualquer hora do dia, a pedida é o Decaf. Natural da região Sul de Minas, é um café com torra média e aroma delicioso. É assim que se faz um verdadeiro espresso descafeinado e suave.

Origem brasileira

O Brasil é um país rico em variedades.

Nossa diversidade está tanto na fauna e flora quanto nos costumes, sotaques e sabores regionais. E isso se manifesta também na bebida mais apreciada do país.

Descubra as principais características de cada região produtora

Sul de Minas Gerais

A cada ano, cerca de 10 milhões de sacas de café saem do Sul de Minas Gerais para serem consumidos no Brasil e em diversos países.

Descubra mais sobre O Sul de Minas Gerais
Sul de Minas Gerais

A cada ano, cerca de 10 milhões de sacas de café saem do Sul de Minas Gerais para serem consumidos no Brasil e em diversos países. Esse volume fez da região a maior produtora de café no mundo. Sua área total de cultivo chega a 500.000 hectares.

O tipo de grão cultivado no Sul de Minas é o arábica e algumas das principais cidades produtoras são Varginha, Três Pontas, Passos, Três Corações, Poços de Caldas, Alfenas e Guaxupé.

A região é povoada por serras e montanhas, com altitudes entre 850 e 1250 metros. O cultivo nas alturas somado ao clima ameno contribui para uma bebida diferenciada. Caracterizado por uma certa doçura, aroma frutado e leve acidez, o café do Sul de Minas é encorpado e traz um toque de sofisticação em seu sabor.

 

Ficha técnica

 

Variedade

Arábica

Nativo da Etiópia, o cafeeiro do grão Arábica é delicado e requer muita atenção durante o seu cultivo.

Descubra mais
Arábica

A planta se desenvolve melhor em climas amenos, com altitudes entre 600 e 2000 metros. Rico em óleos aromáticos, o grão de Arábica produz um café mais doce e requintado, com diferentes tipos de corpo e acidez. Sua taxa de cafeína gira em torno de 1,4%. Atualmente, o Arábica responde por três quartos da produção mundial de café. O Brasil é o maior produtor da espécie.

Mas cada pessoa tem um gosto particular e diferentes momentos do dia podem pedir características diversas em sua bebida. Na TRES você tem opções de cafés com intensidades que vão de 1 a 5, onde o mais suave é o Decaf e o mais vigoroso é o Atento.
Experimente cada um.
Intensidade dos cafés
1

A excelência de um café está relacionada aos seus grãos, regiões de origem e métodos de cultivo, e não à sua intensidade. Todo café de qualidade pode ser mais ou menos intenso.

Gráfico Sensorial

Clique sobre o gráfico para descobrir mais.

Esse café tem notas

Amaro e Tostado

Todo café traz dentro de si uma coleção de aromas e sabores que podem ser percebidos no momento da degustação. Descubra mais

Notas sensoriais

Por mais tecnológica que seja a cafeicultura atualmente, a presença humana é sempre necessária na avaliação sensorial dos cafés. É através do olfato e do paladar que as características específicas de cada bebida são identificadas. Todo café traz dentro de si uma coleção de aromas e sabores que podem ser percebidos no momento da degustação. E muitos deles se assemelham a gostos bastante conhecidos do nosso paladar. Veja alguns exemplos de notas percebidas nos cafés da TRES:
Frutado
Torradas
Avelã
Nozes
Caramelo
Chocolate

Moagem

Média

Nessa etapa, o grau de trituração do café é calculado de acordo com o blend que se quer produzir. Descubra mais

A etapa da moagem

Para passar do grão torrado ao pó para preparo da bebida, é preciso fazer a moagem. Nessa etapa, o grau de trituração do café é calculado de acordo com o blend que se quer produzir. Quanto mais fina a moagem, mais lenta é a passagem da água pelo pó e mais amargo é o sabor. Por outro lado, se a moagem não for suficientemente fina, o café não vai oferecer a mesma complexidade de aromas e sabores.

Zona Produtora

Sul de Minas Gerais

O processo de beneficiamento

Natural

Esse é o método tradicional, onde os frutos colhidos são secos ao sol em um terreiro.

O que é beneficiamento?
Uma vez que o fruto do café amadurece e é colhido, ele passa pelo beneficiamento.
É o processo de limpeza e remoção da casca, da polpa e da película interna do grão, conhecida como pergaminho. Descubra mais

Natural

Esse é o método tradicional, onde os frutos colhidos são secos ao sol em um terreiro. Depois de 15 a 20 dias aproximadamente, os frutos são descascados. O método Natural costuma produzir um café mais doce, porque parte dos açúcares da polpa migram para a semente enquanto secam.

Quero receber novidades e promoções exclusivas da TRES® por email: